Atualidade

Médicos denunciam falta de EPI durante «situação de emergência» de covid19

Ordem dos Médicos denuncia que houve falta de equipamento de proteção individual (EPI)

publicidade

A Ordem dos Médicos denuncia que «mais de 56% dos médicos não tiveram os equipamentos de proteção adequados para trabalhar durante o estado de emergência declarado na pandemia da COVID-19».

Estes são os resultados de um estudo levado a cabo pela Ordem dos Médicos, coordenado pela investigadora Filipa Duarte-Ramos, Professora da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, e cujos dados preliminares são divulgados hoje, quando se assinala o Dia Mundial da Segurança do Doente, e que neste ano a Organização Mundial de Saúde decidiu dedicar aos profissionais de saúde.

Segundo o estudo «a proporção reduziu-se para 31,7% após o final do estado de emergência, mas mesmo assim um terço dos médicos inquiridos num estudo continuaram a reportar falhas da tutela na distribuição de materiais como máscaras, luvas ou cogulas».

Os equipamentos mais frequentemente reportados como estando em falta foram as máscaras FFP2 (42,4%), seguindo-se os fatos protetores (33,1%).

Mas mesmo as máscaras cirúrgicas enfrentaram situações de rutura.

A Ordem dos Médicos denuncia ainda que «mais de um mês depois de ter sido lançado um concurso para a colocação de 365 médicos de família, estes especialistas ainda não estão a trabalhar nos novos postos de trabalho».

Esta situação preocupa a Ordem dos Médicos, tendo sobretudo em consideração a grande carência de médicos de família que existe no Serviço Nacional de Saúde e o facto de muitos destes médicos continuarem a ser desviados para o acompanhamento da pandemia, sem possibilidade de se assegurar resposta aos outros doentes.

«Já passou cerca de um mês desde a data limite para os novos médicos de família se candidatarem aos lugares. Tiveram apenas cinco dias para apresentarem as suas candidaturas, precisamente pela urgência. No entanto, incompreensivelmente, o concurso fechou e continuam por colocar», explica o bastonário da Ordem dos Médicos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui