CulturaDistrito SetúbalPalmela
Em Destaque

Loureiros assinalam este ano 168 anos

Sessão solene com mensagens de esperança dos dirigentes e autarcas

publicidade

A Sociedade Filarmónica Palmelense “Os Loureiros” é a mais antiga sociedade de todo o concelho de Palmela, este domingo numa sessão solene restrita, dirigentes, sócios, músicos e atletas, compartilharam uma tarde de emoções e lembranças de todos estes 168 anos de existência.

Rogério de Almeida, presidente dos Loureiros salientou que “iremos manter a chama bem viva desta casa”, quanto ao futuro, o dirigente diz que todos “encaramos o futuro com esperança, apesar de ser incerto”.

Já do lado da autarquia, o presidente da Câmara de Palmela marcou presença no aniversário da coletividade e deixou também algumas palavras de esperança e conforto: “O aniversário da sociedade está a ser vivido numa tarde especial de partilha e celebração”.

Palavras deixadas para uma sala com cerca de uma centena de pessoas que cumpriram todas as regras impostas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e que também conseguiram dar mais cor a uma tarde de festa num período critico como aquele que o país está a passar.

A tarde já ia longa quando surgiu a distinção a ginastas e sócios, as atletas de ginástica rítmica receberam Medalhas de Reconhecimento Desportivo, as contempladas foram: Beatriz Plácido, Leonor Crespo, Inês Barros, Inês Nunes, Constança Cardoso, Maria Rocha, Andreia Jesus e Patrícia Lima.

Da parte dos associados que foram distinguidos pelos 25, 50 e 75 anos, destaca-se o vereador Luís Miguel Calha que recebeu a medalha dos 50 anos de associados.

A sessão terminou com o concerto da banda dos Loureiros.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui