AtualidadePaís

Lei da Eutanásia novamente adiada

- publicidade -

A votação na especialidade do texto de substituição sobre a morte medicamente assistida foi hoje novamente adiada, a pedido da socialista Joana Sá Pereira, por considerar que o diploma precisa de uma “análise minuciosa para ter condições” de ser votado na generalidade.

A razão para este novo pedido de adiamento foi justicada com o facto de este ser um assunto em que “não pode haver a mais pequena dúvida”, tendo em conta os dois vetos do Presidente da República nas últimas versões do diploma.

Esta é a segunda vez que a votação deste diploma é adiada na especialidade, após, na semana passada, o Chega também ter apresentado um pedido potestativo de adiamento.

O diploma só poderá agora ser votado na especialidade após 25 de Novembro, data da votação final global da proposta de Orçamento do Estado para 2023, tendo em conta que, a partir da votação na generalidade da proposta orçamental, que decorre esta quinta-feira, o trabalho das comissões ficará suspenso.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *