Mundo

Kanye West diz-se admirador de Hitler e Twitter suspende-lhe a conta

- publicidade -

O rapper norte-americano Kanye West declarou esta quinta-feira o seu “amor” pelos nazis e a sua admiração por Adolf Hitler. A confissão foi feita durante uma transmissão ao vivo de várias horas com o teórico da conspiração Alex Jones.

“Eu gosto de Hitler”, disse West, que agora se dá pelo nome de Ye, numa entrevista na qual também participou o supremacista branco Nick Fuentes e transmitida pelo portal infowars.com. “Amo os judeus, mas também amo os nazis. Não gosto de ver a palavra ‘maldade’ ao lado de nazis”, afirmou Kanye, que planeia candidatar-se à Presidência dos Estados Unidos em 2024.

“Eu vejo coisas boas sobre Hitler também”, disse ainda West, que surge no vídeo com o rosto coberto por uma máscara preta, um casaco de couro e luvas pretas.

Entretanto, e na sequência deste episódio, o Twitter suspendeu a conta do artista. “Apenas para esclarecer que a conta [de West] foi suspensa por incitação à violência”, indicou Elon Musk.

O rapper, de 45 anos, tem estado sempre envolvido em várias polémicas, a última das quais depois de se ter associado à extrema-direita, usando uma camisola com a expressão “White Live Matter”, levando a que marcas como Adidas, Gap e Balenciaga terminassem os contratos que tinham com ele.

Confira as polémicas declarações no vídeo que se segue, da autoria do New York Post:


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *