Parceiros
País

Jerónimo de Sousa responde ao PR: “Aquilo que eu quero dizer é que eu tenho muito orgulho em ser português”

O secretário-geral do PCP manifestou hoje ter "muito orgulho" em ser português e "solidariedade" para com os que sofrem com a guerra na Ucrânia, insistindo na "posição coerente e honrada" do partido em defesa da paz.

- publicidade -

Em declarações aos jornalistas em Beja, durante uma visita à feira Ovibeja, Jerónimo de Sousa reagia às declarações do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que hoje, quando questionado acerca da posição do PCP sobre a guerra, afirmou: “‘Somos todos ucranianos’. Se quiser eu posso corrigir, somos quase todos ucranianos, há alguns que não são“.

O Presidente da República usou uma expressão, lá saberá o significado e toda a sua dimensão. Aquilo que eu quero dizer é que eu tenho muito orgulho em ser português“, afirmou o líder dos comunistas.

E “ser português, ser patriota, implica naturalmente a solidariedade com aqueles que sofrem, designadamente aqueles que são vítimas da guerra, os civis“, continuou, frisando que o PCP “condenamos” o “ataque àqueles que, no quadro civil, poderiam naturalmente manter a sua vida com normalidade”.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário