Atualidade

Janeiro de 2021 foi quarto mês mais frio em Portugal e mais quente a nível global em vinte anos

- publicidade -

Em Portugal continental, o mês de janeiro deste ano classificou-se como muito frio e seco, e foi o quarto mais frio dos últimos 20 anos, com uma temperatura média do ar de 8.02 °C.

O valor médio de temperatura máxima foi o quarto mais baixo desde 2000 e as três primeiras semanas de janeiro foram extremamente frias com valores da temperatura máxima e mínima do ar inferiores ao valor da normal climatológica 1971-2000.

No território nacional o dia 9 de janeiro 2021 foi o dia mais frio neste período, com 2.98°C de temperatura média, sendo de referir ainda os dias 5, 6 e 8, com valores médios de temperatura média inferiores a 4°C.

Este episódio de tempo frio foi caraterizado pelo seu carácter prolongado (mais de 3 semanas), a persistência de vários dias consecutivos com temperaturas negativas (mais de 10 dias consecutivos em 1/3 das estações) em particular no interior norte e centro, o desconforto térmico associado às baixas temperaturas (nalguns dias potenciado pela intensidade do vento) e a abrangência territorial, tendo todos estes aspetos importância nos possíveis impactos que terá tido na população.

Já a nível global, este mesmo mês classificou-se a nível global como sendo o sexto janeiro mais quente (igual a 2018) em países como a América do Norte, Groenlândia e sobre o oceano Ártico, onde as temperaturas estiveram muito acima da média, enquanto na Sibéria foram muito abaixo da média.

A Europa registou uma temperatura média próxima do valor normal, com algumas regiões do Norte da Europa (sul da Noruega e Suécia central) a registaram valores inferiores à média, enquanto as regiões na parte sudeste da Europa a registarem valores acima da média.

A partir de dia 20 verificou-se subida de temperatura (para valores acima do normal) tendo terminado a situação de frio prolongado que se verificava em Portugal continental.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui