Atualidade

GNR recebe 2,3 milhões de euros para aumentar a capacidade de vigilância do controlo costeiro

- publicidade -

O projeto que visa reforçar a capacidade operacional da Guarda Nacional Republicana na vigilância e controlo costeiro, no valor de 2,3 milhões de euros, foi aprovado pela Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI).

Deste valor, 75% dos custos, ou seja, 1,7 milhões de euros, serão financiados por verbas europeias.

A iniciativa visa “reforçar o controlo da navegação marítima e aumentar os níveis de segurança interna a nível nacional e da União Europeia é um dos principais objetivos a atingir com o novo Sistema de Identificação Automática (AIS, siga em inglês) de embarcações e múltiplas câmaras de vigilância”, explica a nota de imprensa do Governo.

Assim, “as novas câmaras de vigilância irão ampliar as potencialidades do Sistema Integrado de Vigilância, Comando e Controlo (SIVICC), gerido e operado pela Unidade de Controlo Costeiro (UCC) da GNR.”

“A UCC é a unidade especializada responsável pelo cumprimento da missão da GNR em toda a extensão da costa e no mar territorial, com competências específicas de vigilância, patrulhamento e interceção terrestre ou marítima em toda a costa e mar territorial”, completa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui