Atualidade

GNR inicia ‘Operação Peregrinação Segura’

- publicidade -

A partir deste sábado, a Guarda Nacional Republicana realiza uma operação de segurança em todo o território nacional com maior incidência em Fátima e nas suas principais vias de acesso, de modo a garantir a segurança durante o deslocamento dos peregrinos, assim como o controlo do tráfego rodoviário e a tranquilidade pública no Santuário e zona envolvente, durante a realização das celebrações religiosas de 12 e 13 de maio.

As celebrações deverão ocorrer de acordo com as regras estabelecidas, ao abrigo da legislação em vigor e segundo as orientações da Direção-Geral da Saúde, pelo que, a Guarda Nacional Republicana informa que:

– o acesso aos parques de estacionamento em Fátima estará condicionado à lotação máxima no interior do Recinto de Oração;

– devem-se evitar os ajuntamentos e cumprir as regras de distanciamento físico, do uso obrigatório de máscara e a higienização das mãos;

– apela-se à consciência dos cidadãos para a importância do cumprimento das regras e das indicações das autoridades;

– O Recinto da Oração irá estar restrito a 7.500 peregrinos.

Apesar do Recinto de Oração estar restrito a 7.500 peregrinos, a GNR aconselha àqueles que, ainda assim, se desloquem a pé, para usarem a berma contrária ao sentido do trânsito e em fila; não andar em locais onde seja proibida a circulação de peões; usar sempre, quer de dia quer de noite, coletes refletores; não caminhar sozinho(a) durante a noite e sinalizar o início e fim dos grupos e se for preciso reunir o grupo, fazê-lo sempre fora da estrada.

Outros cuidados especiais passam por não usar auscultadores, tomar especiais cuidados ao atravessar as vias e cumprir as regras sanitárias em vigor, bem como o uso de máscara e distâncias de segurança.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui