GNR apreendeu 600 quilos de amêijoa em Alcochete  

A GNR apreendeu 600 quilos amêijoa-japonesa, ruditapes philippinarum, na localidade de Alcochete, num valor estimado de 6.000 euros.

publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Fonte da Telha, apreendeu, no dia 4 de junho, 600 quilos amêijoa-japonesa, ruditapes philippinarum, na localidade de Alcochete, num valor estimado de 6.000 euros.

No decorrer de uma ação de fiscalização que visava o combate à prática ilegal da apanha, transporte e comercialização desta espécie, os militares abordaram um homem que se encontrava na margem do Rio Tejo a carregar sacos com amêijoa para uma viatura, sem estas estarem devidamente acompanhadas de qualquer documento de registo.

O documento de registo é utilizado na pesca profissional, o qual assegura a qualidade sanitária dos moluscos bivalves, para que possa ser introduzido no consumo, atestando o local de captura e o seu destino. No âmbito da apanha profissional de moluscos bivalves no estuário do Rio Tejo, é obrigatório que os mesmos se destinem a unidades de transformação, a fim de serem depurados.

Nesta ação foi identificado um homem de 32 anos e em virtude de não se fazer acompanhar dos referidos documentos de acompanhamento dos bivalves, infração a que corresponde uma coima até 3 740 euros.

Por se encontrarem vivos, os bivalves foram devolvidos ao habitat natural.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome