EconomiaPaís

Gás de botija com preços máximos tabelados a partir de hoje

Os preços máximos da botija de gás passam a ser, a partir desta terça-feira 16 de agosto, fixados pelo Governo, e podem significar uma poupança de quase 3,2 euros por garrafa de butano de 13 quilogramas (Kg).

A garrafa de butano de 13 kg terá como valor máximo 29,47 euros e as garrafas de 12,5 kg vão custar até 28,34 euros.


Na sexta-feira (12 de agosto de 2022), o Governo voltou a fixar preços máximos para o gás engarrafado, tal como já tinha acontecido durante a pandemia de covid-19.

O Ministério do Ambiente e da Ação Climática recordou que a lei n.º 69-A/2021 introduz a possibilidade de fixação das margens máximas de comercialização dos combustíveis simples e para o gás de petróleo liquefeito (GPL) engarrafado.

No diploma publicado em Diário da República, o executivo ressalvou que as variações mensais são calculadas e publicadas no ‘site’ da ERSE, sendo que a estes preços máximos apenas podem acrescer «custos com o serviço de entrega», quando as garrafas são compradas por via telefónica ou eletrónica e disponibilizadas em local diferente do ponto de venda.

Os postos de abastecimento e os restantes pontos de venda das botijas GPL «devem garantir o contínuo fornecimento de garrafas, designadamente das tipologias sujeitas ao preço fixado», determinou a portaria assinada pelos secretários de Estado da Economia, João Neves, e do Ambiente e da Energia, João Galamba.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.