Parceiros
Lisboa

Filipa Roseta lamenta rejeição da sua proposta relativamente ao solo municipal

Filipa Roseta, Vereadora da Habituação, lamenta que tenha sido reprovada a sua proposta de consenso relativamente a reserva de solo municipal para cooperativas de habitação acessível

Segundo a nota enviada pela CM Lisboa, na reunião do Concelho Municipal de habitação que foi realizado, no passado dia 14 de julho, os vereadores do PS, Livre, Movimento Cidadãos por Lisboa, PCP e BE, vetaram a proposta da autarca.

Proposta esta, que para além de expressar um dos compromissos eleitorais da coligação Novos Tempos, a mesma mantinha em aberto os modelos a ser pensados pelo movimento cooperativo, de modo a não limitar, à partida, possíveis financiamentos aos cooperantes.

A vereadora referiu que “Estamos abertos aos modelos de cooperativas que aparecerem e não vamos impor modelos a ninguém. Fechar a um modelo de cooperativa específico pode ser redutor. O desafio da habitação acessível passa por reinventar o movimento das cooperativas, e contamos com o apoio e criatividade dos jovens”.

É de relembrar que a Câmara Municipal de Lisboa está a identificar terrenos para pedir aos jovens que participem na construção dos critérios de atribuição, tal como foi referido pela autarca no Festival Internacional de Habitação Social, em Helsínquia.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.