Insólito

Exames mostram remissão generalizada de um linfoma, depois do paciente estar infetado com Covid-19

- publicidade -

O caso clínico, publicado na revista científica British Journal of Haemathology, de um homem de 61 anos que, após quatro meses de recuperar da infeção da Covid-19, verificou uma remissão generalizada de um linfoma, está a intrigar a comunidade científica.

O homem, residente no Reino Unido, tinha um linfoma em fase terminal e depois de superar a covid-19 começou a desinchar dos nódulos causados e um exame revelou uma remissão generalizada.

ABC diz que “a explicação é que a infeção pelo coronavírus desencadeou uma resposta imune antitumoral: as citocinas inflamatórias produzidas em resposta à infeção poderão ter ativado células específicas com antígenos tumorais e células naturalmente assassinas contra o tumor”.

Artigos Relacionados

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui