Atualidade

Esplanadas do Bairro Alto recebem 19 multas por incumprimento que podem ir dos 2 mil aos 20 mil euros

- publicidade -

A ação de fiscalização da PSP aos espaços de esplanadas no Bairro Alto, a 16 de abril desencadeou n aplicação de 19 autos pela grande afluência à zona, o que se refletiu em espaços ocupados além do permitido.

A operação policial detetou infrações como “o incumprimento da lotação máximo de pessoas por mesa no espaço de esplanada; o “incumprimento da distância mínima de 2 metros entre as pessoas;” o “incumprimento do horário de encerramento do serviço de esplanada”; e o “incumprimento das regras de permanência no interior do estabelecimento de restauração”.

Assim, “sete estabelecimentos de restauração violaram as medidas de prevenção de contágio da Doença Covid 19, ao permitirem que clientes consumissem no interior do estabelecimento, ao não encerrarem o serviço de esplanada às 22h30, ao permitirem mais de 4 clientes por mesa no espaço de esplanada e ao não salvaguardarem o distanciamento social entre os clientes de diferentes mesas”, explica a nota de imprensa da PSP.

As infrações ultrapassaram as questões ligadas ao Estado de Emergência e ” foram ainda levantados 16 Autos de Notícia de Contraordenação por infrações diversas, incluindo  o fornecimento de bebidas alcoólicas a menores”, completa,

“No total, a Polícia de Segurança Pública fiscalizou 22 estabelecimentos e levantou 19 (dezanove) Autos de Notícia por Contraordenação, sendo 7 (sete) deles violações às medidas em vigor no estado de emergência, pelo que a sanção se traduz na aplicação de uma coima entre os 2 000 (dois mil) euros e os 20 000 (vinte mil) euros, em caso de pessoa coletiva e de uma coima entre os 200 (duzentos) euros e os 1 000 (mil) euros, a pessoas singulares”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui