CulturaSetúbal

Escultor Pedro Marques representa Setúbal em França e na Suiça

- publicidade -

Seis peças de grandes dimensões do escultor Pedro Marques representam Setúbal em dois grandes eventos internacionais de artes, em França e na Suíça, uma delas a retratar uma garrafa de Moscatel, que consta no cartaz oficial da mostra.

O escultor setubalense é o único português presente na Biennale internationale d’Art Contemporain de la Porte de France, um dos mais importantes eventos europeus de arte, que se realiza entre 12 e 20 de junho na região francesa da Alsácia, e no festival Ailyos Art & Nature, a decorrer até outubro, em Lausanne, na Suíça.

Em França, Pedro Marques apresenta três peças produzidas em ferro, a representar um peixe, semelhante aos da escultura Cardume, instalada na rotunda situada na confluência das avenidas 22 de Dezembro e Mariano de Carvalho e a Rua Jorge de Sousa, e uma cegonha, parecida com a exposta no Moinho de Maré da Mourisca, ambos em Setúbal.

Uma garrafa representativa da região da Alsácia, tipicamente mais alta e fina em relação às outras, é a outra das esculturas expostas.

Na Suíça, o artista apresenta um trabalho com 4,5 metros de altura, produzido em ferro, que representa uma garrafa de Moscatel de Setúbal, peça que esteve em exposição na edição 2018 da Feira de Sant’Iago, em Setúbal.

A escultura gigante, com 80 quilos, ganhou, em 2019, o prémio do público na 6.ª Bienal de Montreux, na Suíça, o que tornou Pedro Marques a ser o primeiro português distinguido na iniciativa.

As restantes peças do escultor, nomeado embaixador de Setúbal pela Câmara Municipal, em 2019, são um cálice de vinho e uma outra garrafa de moscatel mais pequena, dourada.

O escultor elogiou o apoio dado pelo presidente da organização da Biennale internacionale d’Art Contemporain de la Porte de France, Guillaume Sevin Pro. “Foi incansável.”

Fonte: Câmara Municipal de Setúbal


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui