DestaquePalmelaReportagem

Entidades, empresas e particulares homenageados com Condecorações Municipais em Palmela

- publicidade -

O Cine Teatro S. João, em Palmela, foi o palco de mais cerimónia de atribuição das Condecorações Municipais, no âmbito das Comemorações do Dia do Concelho de Palmela,

uma homenagem que a autarquia presta a um total de 37 entidades e particulares, e 46 trabalhadores do município com a Medalha Municipal de Serviço Prestado de 15, 25 ou 35 anos de carreira e 8 trabalhadores com a Medalha Municipal de Dedicação, que se distinguiram pelo zelo e dedicação.

Ana Teresa Vicente, presidente da Mesa da Assembleia Municipal de Palmela, frisou que “sendo este um órgão que segue e aprova os nomes propostos para estas medalhas, devo dizer que os que este ano são homenageados, tiveram a unanimidade de todos os partidos com assento na Assembleia.

Sabemos que há mais quem mereça esta distinção, mas as que hoje estamos a atribuir, são absolutamente devidas, e tenho pena que algumas tenham sido entregues a título póstumo.

É o sinal da nossa imensa gratidão para com todos os que tiveram um papel na construção de Palmela.”

Em relação aos trabalhadores, Ana Teresa Vicente afirmou que “é um imenso orgulho ver tantos anos de dedicação, dos que ainda connosco continuam e dos que se reformaram, e saber que acompanhei parte desse percurso.”

O presidente da Câmara Municipal, Álvaro Amaro, destacou alguns dos condecorados, como “o embaixador da Palestina em Portugal, um país que precisa tanto de paz; as duas centenárias sociedades filarmónicas que ainda não tinham recebido esta Condecoração”, bem como a condecoração atribuída a João Manuel Vilhena Diegues, delegado de saúde coordenador na ACES da Região de Lisboa e Vale do Tejo, “e nele, além do seu percurso, homenagear também o SNS antes e depois do período  de pandemia”.

Recordando a história de Palmela “que remonta à pré-história, a presença dos mouros, da Ordem de Santiago, do 1.º Foral, e as lendas de mouras encantadas da Marateca, absolutamente diferentes como o são as nossas cinco freguesias, com as ligações dos que por cá passaram e dos que ficaram.

Celebrar este dia em Palmela, é celebrar este cruzamento de vivências e de sonhos.”

Lamentando que “a evolução tecnológica dos nossos dias não tenha sido acompanhada pela evolução das consciências e pela paz”, o presidente explicou que “a atribuição das medalhas de honra e mérito continua a ser norteados pelos ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, homenageando quem tem servido de exemplo na área da sustentabilidade e das boas práticas, como exemplo da cidadania, de quem coloca o concelho no caminho correcto, mas também tendo em conta que 2021 é o Ano das Frutas e Legumes, e por isso quisemos destacar o carácter agrícola do nosso concelho.”

Também a cultura foi homenageada “numa fase muito má que esta atravessa” e em relação aos trabalhadores do município, agradeceu “uma vida dedicada aos cidadãos, num trabalho muitas vezes incompreendido, mas que durante o último  ano as pessoas perceberam bem quem também esteve na linha da frente para o país não parar”.

Condecorações Municipais

Medalha de Honra do Concelho de Palmela

- publicidade -

Sociedade Filarmónica União Agrícola (Pinhal Novo)

Sociedade de Instrução Musical de Quinta do Anjo

Medalha Municipal de Mérito

Associativismo

Grau Ouro: Rancho Folclórico do Poceirão

Grau Prata: Associação de Moradores de Olhos de Água

Grau Cobre: Associação Amigos da Festa Brava de Pinhal Novo; Associação de Moradores da Quinta do Sobral e Canastra – Terrim; Associação de Moradores e Amigos da Quinta da Torre – Marquesa II – 1.ª Fase.

Cultura

Grau Ouro: Associação Passos e Compassos – DançArte; João Carlos Tuna Brites; Jorge Miguel Alpendre da Silva Nunes (a título póstumo).

Grau Prata: Carlos Prado de Sousa.

Grau Cobre: Joaquim António Gonçalves Borregana (Kim Prisu).

Cidadania e Solidariedade

Grau Ouro: Carmen Antunes de Matos Fortuna (a título póstumo); Maria Helena Cardoso Machado Coelho (a título póstumo).

Grau Prata: Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Pinhal Novo; Associação de Dadores de Sangue na Freguesia de Poceirão; Conferência Vicentina de S. Pedro de Palmela; Núcleo dos Dadores de Sangue dos Bombeiros Voluntários de Palmela.

Desenvolvimento Regional

Grau Ouro: ADREPES – Associação de Desenvolvimento Regional da Península de Setúbal.

Desporto

Grau Ouro: José Augusto dos Santos Rocha de Sousa (a título póstumo); Pedro Pablo Pichardo Peralta.

Grau Prata: Marcelo António Cazassa (Tiro Olímpico).

Grau Cobre: Miguel Barroso da Silva (Karting).

Saúde Pública

Grau Ouro: João Manuel Vilhena Diegues

Economia Local

Grau Ouro: Cooperativa Agrícola União Novense

Valorização dos Produtos Locais

Grau Ouro: Associação Portuguesa para a Diversidade da Videira (PORVID)

Grau Cobre: Alquimia dos Sabores; Courela dos Pegos, Agricultura Biológica; Karmuxilon, Lda. (Palmanhac); Marviflora, Lda. (Produtos Nobre Terra); Pomar na Vila – Maçã Riscadinha de Palmela; Vítor Inácio Oliveira Margarido; Zulmira Rocha da Cruz

Desenvolvimento Económico

Grau Prata: Ilumina, Lda.; Introsys, S.A.; ISPT – Injeção e Serigrafia de Plásticos Técnicos, Lda.; Oro Agri, S.A.; SOGMIP – Sociedade Geral de Manutenção Industrial, S.A.

Solidariedade Internacional

Grau Prata: Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui