Atualidade

Endesa multada em 50 mil euros por mudar comercializador sem autorização

A Endesa terá de pagar uma multa de 50 mil euros por "mudança de comercializador no fornecimento de energia elétrica e de gás natural sem autorização dos consumidores.

- publicidade -

A Endesa pagou uma multa de 50 mil euros por “mudança de comercializador no fornecimento de energia elétrica e de gás natural sem autorização dos consumidores”, comunicou a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

Resultou de um processo “a 25 de maio de 2020, da prática de treze contraordenações por ter submetido pedidos de mudança de comercializador junto do Gestor de Processo de Mudança de Comercializador (GPMC), sem consentimento expresso dos respetivos consumidores”, pode ler-se na nota.

O valor é referente a “sete coimas, cada uma de 12.500 euros pela prática negligente de sete contraordenações por ter submetido sete pedidos de mudança de comercializador para fornecimento de energia elétrica junto do correspondente GPMC, desprovida de qualquer autorização para o efeito, que não foi expressamente manifestada ou que o foi em sentido contrário”.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *