Famosos

Eduardo Madeira despede-se da RTP para trabalhar com Cristina e diz que “está na moda falar mal dela”

- publicidade -

Eduardo Madeira despediu-se da RTP para integrar o novo programa das tardes da TVI, apresentado por Cristina Ferreira, o ‘Cristina ComVida’, formato que estreia já na próxima semana antes do ‘Jornal das 8’. 

O humorista crítica quem se insere contra a diretora de programas da TVI e diz que “está um bocado na moda dizer mal dela. Uns porque não estão contentes com a vida, outros porque são pagos para dizer mal dela, outros só para irritar, outros porque não suportam uma mulher no poder e, outros ainda, porque são envinagrados por natureza”.

“Daqui a uma semana estreia o novo programa da Cristina Ferreira. Estarei ao lado dela a dar o meu melhor. Com muito orgulho. Há anos que a Cristina me perguntava: quando é que vens para o pé de mim? Mas eu andava pela RTP a fazer Donos Disto Tudo, 5 Para a Meia-Noite, Patrulha da Noite, entre outros. Programas onde trabalhei, onde ganhei prémios, onde dei tudo”, explicou nas contas das redes sociais.

“Em novembro de 2020 a Cristina desafiou-me de novo. Desta vez o convite era mais forte. Era um grande desafio. Uma aventura. E quem me conhece sabe que eu adoro uma boa aventura. Ficou tudo fechado no fim do ano de 2020. Em segredo. Quero que saibam que este convite me deixa genuinamente contente. Não sei se vai resultar ou não. Acredito que vai resultar e muito. Mas só a viagem já vale a pena. Vou trabalhar com uma equipa fantástica”, acrescentou. 

“E vou trabalhar com a Cristina. A maior comunicadora deste país. Seja na TVI, seja na SIC, seja na TVI outra vez, seja no Burkina Faso ou em Marte”, assegura Madeira. “Mas eu não sou de modas. Sou de modos. E gosto do modo dela. Estou com a Cristina a 200%.”, conclui.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui