Parceiros
País

Eanes esquecido para comemoração inaugural do 25 de Abril

Ex-Presidente da República, António Ramalho Eanes, foi convidado à última da hora por Pedro Adão e Silva.

- publicidade -

A polémica em torno das comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, parece não ter fim, avança o semanário ‘Nascer do Sol’ que o ex-Presidente da República, António Ramalho Eanes, foi a figura mais ausente da cerimónia inaugural das comemorações que decorreram a semana passada em Lisboa.

Segundo o semanário, o comissário executivo das comemorações, Pedro Adão e Silva, futuro ministro da Cultura, que tomará posse a 30 de março, ter-se-á esquecido de convidar, Eanes, com a devida antecedência.

Segundo fontes próximas de Eanes, o convite só chegou nas antevésperas da cerimónia e Eanes terá ficado sentido com a desconsideração que mereceu por parte da organização.

Marcelo Rebelo de Sousa ao tomar conhecimento do sucedido ligou de imediato ao ex-Presidente da República a lamentar o sucedido.

O semanário adianta ainda que Eanes não compareceu na cerimónia, uma vez que tinha agendado exames médicos para esse dia.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário