É benéfica a redução do preço dos passes, mas é urgente mais transportes – Caos na cidade

Esta semana um artigo de opinião de Sara Machado Gomes, presidente Concelhia CDS-PP de Almada

0
369
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Esta semana um artigo de opinião de Sara Machado Gomes, presidente Concelhia CDS-PP de Almada

O CDS-PP é favorável à redução do custo mensal dos passes sociais tendo em consideração que as famílias poupam na factura ao início do mês, em muitos dos casos uma poupança verdadeiramente significativa.

Da parte do CDS-PP Almada que fique bem claro que a medida por si só é de louvar.

Todavia, ao mesmo tempo que se elogia a medida em si mesmo, já o timing escolhido pelo Governo do PS e pelas autarquias da grande área metropolitana de Lisboa, é para nós motivo de discordância, uma vez que não se acautelou o reforço dos transportes, quer ao nível de equipamento quer ao nível de horários.

O que se tem assistido em vários meios de transporte desde a redução do custo dos passes é de um autêntico caos e desespero por parte dos utentes, que apesar de economizarem, vêm agora os transportes que usam diariamente com graves problemas no que respeita à sua utilização, fazendo valer a expressão de “o barato sai caro”. E sai mesmo.

Quando as pessoas esperam e desesperam por um comboio em que possam, finalmente, entrar sem que este esteja totalmente lotado, como acontece diariamente com a Fertagus (que era um exemplo de excelência na sua comodidade, segurança e assiduidade), com os barcos (com a falta de trabalhadores que a Transtejo tem para garantir uma verdadeira operacionalidade),ou com a TST (tendo também muitas dificuldades em conseguir dar uma resposta adequada).

Mais uma vez se reforça que não é a diminuição do custo dos passes mensais que está em causa e que o CDS-PP concorda. O que o CDS-PP discorda é do momento em que o mesmo entrou em vigor, visto que seria lógico e de boa gestão dos serviços públicos que o Governo reforce primeiro as condições para que os vários operadores possam dar uma resposta adequada, com segurança e comodidade para depois, ai sim, colocar em marcha essa benesse aos utentes da grande área de Lisboa, contribuindo para a estimulação da utilização dos transportes públicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome