DistritoDistrito SetúbalMontijo

Dia das Colectividades assinalado no Montijo com assinatura de contratos-programa

publicidade

A Junta de Freguesia da União de Freguesias do Montijo e Afonsoeiro assinalou o Dia Nacional das Colectividades com uma cerimónia no salão nobre, na qual foram assinados contratos-programa com as colectividades.

Na sua intervenção, Fernando Caria, presidente da União de Freguesias destacou a importância do trabalho do movimento associativo no desenvolvimento da cultura, do desporto, da inclusão e da solidariedade.

“Através destes contratos-programa, a Junta pretende também aumentar o envolvimento do movimento associativo com a sociedade e reconhecer publicamente a importância do trabalho desenvolvido pelas colectividades como nossos parceiros de trabalho.”

Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, frisou também o trabalho desenvolvido pelas colectividades no município, “representando o que de mais identitário existe no Montijo, com coragem, firmeza, tradição e história, mas acima de tudo vontade”.

Acerca da cerimónia, referiu tratar-se “de um momento de celebração porque é a partir daqui que se inicia o trabalho com a população e é um acto importantíssimo para garantir a estabilidade e dinâmica no movimento associativo do concelho”, destacando o trabalho de proximidade que tem vindo a ser desenvolvido no actual mandato pela vereadora do pelouro, Sara Ferreira.

Para Nuno Canta, “o movimento associativo é uma das razões para que o concelho tenha o enorme cariz solidário e capaz de desenvolver qualquer actividade cultural e desportiva”, realçando “os inúmeros troféus alcançados já este ano, fruto dos apoios da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia, mas sobretudo do trabalho dos seus dirigentes que tudo fazem por cada uma das suas colectividades e da sua própria autonomia”.

Da parte da Câmara Municipal, sublinhou “apoiamos cada vez mais, quer financeiramente, em 2018 com cerca de 200 mil euros, quer com apoios não financeiros, pelos pedidos que nos chegam para obras de melhoramento, equipamentos ou instrumentos, o que ascende a mais de 500 mil euros.

A cerimónia terminou com uma palestra por Carlos Anjos, secretário-geral da Associação das Colectividades do Concelho Setúbal sob o tema «Movimento associativo popular: uma grande força tranquila!», com a historia da Associação, os problemas que o movimento associativo enfrenta e os apoios prestados pelo poder local, entre outros temas.

Foram celebrados contrato-programa com a Associação Batucando; Associação Gymno Desportiva; Associação para a Formação Profissional e Desenvolvimento do Montijo; Associação Modelismo do Montijo; Associação Náutica Montijense; Ateneu Popular do Montijo; Banda Democrática 2 de Janeiro; Clube Desportivo, Cultural e Recreativo «Os Unidos»; Clube de Judo do Montijo; Clube de Natação do Montijo; Clube de Ténis do Montijo; Companhia Mascarenhas – Martins; Escola de Artes Sinfonias e Eventos; Escola Taurina do Montijo; Estrela Futebol Clube Montijense; Ginásio Clube do Montijo; Grupo de Chinquilho 5 de Outubro; Grupo Coral do Montijo; Grupo Típico de Danças e Cantares do Afonsoeiro; Montijo Basket Associação e Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui