CrimeDestaqueMoita

Dezenas de carros vandalizados na Moita e guerras de jovens alarmam moradores

- publicidade -

Mais de vinte viaturas foram vandalizadas nos últimos dias no concelho da Moita, sobretudo na Urbanização da Quinta Fonte da Prata, Bairro das Arroteias, Bairro Gouveia e na vila de Alhos Vedros.

As queixas surgiram nas redes sociais, no grupo «DAR VOZ ÀS ARROTEIAS», acompanhadas de fotos colocadas pelas vítimas, que viram os vidros das suas viaturas partidos, em actos que ocorreram nas noites de quinta-feira a domingo.

Segundo outro comentário, na noite desta terça-feira ocorreu novo ataque de vandalismo a viaturas, desta feita na Quinta da Bonita, em Alhos Vedros.

E segundo os testemunhos, este acto terá sido premeditado, tendo sido utilizado um martelo próprio para fazer estalar os vidros, de forma a não fazer barulho excessivo.

Um morador, que pediu anonimato, explicou ao Diário do Distrito que «na mesma altura, no Vale da Amoreira, um grupo de jovens durante toda a manhã procuraram criar confusão, ao ponto de alguns comerciantes serem obrigados a fechar portas por medo e falta de segurança».

E as queixas vão também para «as brigas que há em plena rua  ao ponto se ouvir disparos de armas, entre jovens do Vale da Amoreira e da Fonte da Prata, mas o motivo dessas brigas  é desconhecido».

O Diário do Distrito questionou o Comando Territorial de Setúbal sobre a GNR para conhecer o número de queixas e as medidas que podem vir a implementar, e aguardamos resposta.

Uma das viaturas vandalizadas – Foto Facebook
Viatura acidentada e abandonada na zona


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *