Parceiros
bombeiros

Detido reformado de 64 anos que ateou cinco incêndios em Braga

- publicidade -

A Polícia Judiciária (PJ) deteve o presumível incendiário florestal que ateou cinco fogos num intervalo de dez dias, entre 12 e 22 de agosto, nas proximidades da cidade de Braga.

O homem, um reformado de 64 anos, colocou em risco zonas residenciais, automóveis, equipamentos públicos e de recolha de resíduos

“Após atear os incêndios, o arguido abandonou o local, assim se conformando com a propagação do incêndio e as consequências nefastas que daí poderiam advir, sendo que caso os incêndios não tivessem sido prontamente detetados e extintos por populares ali residentes e pelos Bombeiros Sapadores, mais Voluntários de Braga, as chamas poderiam facilmente ter-se-ia alastrado às zonas envolventes”, diz a PJ em comunicado de imprensa.

“As diligências realizadas por esta Polícia Judiciária permitiram a recolha de substanciais elementos de prova, que conduziram à detenção fora de flagrante delito”, completa a PJ.

O presumível incendiário florestal foi presente às autoridades judiciárias para interrogatório judicial e respetiva aplicação das medidas de coação.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário