País

Detida autora do crime que levou à descoberta de uma cabeça na praia de Leça da Palmeira

publicidade

A Polícia Judiciária, através da Directoria do Norte, deteve uma mulher indiciada pela autoria dos crimes de homicídio qualificado e profanação de cadáver.

A investigação iniciou-se com o aparecimento de uma cabeça humana no areal da praia de Leça da Palmeira, em Matosinhos, na manhã do dia 7 de Março deste ano

Após intensas diligências de investigação que possibilitaram a identificação da vítima, foi possível recolher elementos que conduziram à detenção de uma cidadã estrangeira, para quem a vítima trabalhava, que se encontra agora indiciada pela coautoria do homicídio e subsequente profanação de cadáver.

Na origem dos factos, cuja investigação se encontra ainda em desenvolvimento, está a existência de uma dívida da arguida à vítima, que esta insistia em ver saldada.

A detida, com 52 anos, massagista, sem antecedentes criminais conhecidos, vai ser presente à autoridade judiciária competente para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Segundo o Correio da Manhã, a vítima seria uma mulher tailandesa, que foi assassinada pela detida e pelo marido por uma dívida de 10 mil euros.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui