Quantcast Choice. Consent Manager Tag v2.0 (for TCF 2.0)
AtualidadecoronavírusDestaqueNacional

Destinos longínquos não contarão com operações de repatriamento

- publicidade -

O aviso está feito por parte do Governo que hoje avisou os portugueses para que não escolham férias em “destinos exóticos ou com ligações fracas a Portugal”, pois se o fizerem ficaram dependentes de si mesmos e não podem contar com operações de repatriamento como aquelas que foram realizadas no início da pandemia de Covid-19.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse hoje que “Estamos a pedir aos portugueses que façam férias cá dentro, estamos a sugerir que evitem viagens não essenciais ao estrangeiro e estamos a avisar que, se forem agora para destinos exóticos ou com ligações fracas a Portugal, não contem com uma operação de repatriamento com a dimensão e a rapidez com que foram organizadas em março e em abril“, disse.

Foi na conferência por vídeoconferência sobre a “Liberdade e Confinamento” que Augustos Santos Silva deixou o aviso para todos os portugueses que se preparam para entrar em férias.

[themoneytizer id=”61056-1″]

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui