País

Depois da chuva, o calor extremo em Portugal Continental

publicidade

As condições climáticas vão mudar radicalmente este fim de semana, com as temperaturas a poderem atingir os 37.º em regiões com Alcácer do Sal, segundo a previsão de 10 dias do IPMA.

A causa é a passagem de um anticiclone sobre a Europa Ocidental, a norte da Península, o que vai forçar uma massa de ar africano a migrar para norte, em direcção a Portugal continental.

Estes valores irão superar os máximos históricos para Maio em muitas localidades e são também esperados um aumento da concentração de poeira atmosféricas e de pólenes, que irão deteriorar a qualidade do ar.

O calor intenso pode originar algumas trovoadas e por vários motivos, o alerta para possibilidade de incêndios é elevado.

Este episódio durará entre 3 e 5 dias, com as temperaturas a voltarem a descer a partir de quinta-feira.

DR – Best Weather

Artigos Relacionados

3 Comentários

  1. Algumas correcções ao artigo:

    As máximas previstas, “Poderão” superar alguns valores históricos relativos ao mês de Maio em algumas cidades.
    A situação, deve-se à extensão de um Anticiclone Africano ou (Dorsal Africana) até ás Ilhas Britânicas e que se irá posicionar sobre a Península Ibérica, arrastando um fluxo de ar muito quente e seco de Leste acompanhado de algumas poeiras em suspensão.
    Este evento de calor não será de carácter extremo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui