AlmadaAtualidadeEconomiaEmpresasEstilo de VidaFamososLisboaNacionalNegócios

Cabeleireiro David Xavier assina com Alfaparf Milano e deixa L’Oréal Professionnel

- publicidade -

A novidade foi dada pelo próprio nas plataformas sociais: “É verdade, estou de volta à Alfaparf Milano”, escreveu David Xavier esta quinta-feira, 14 de janeiro.

De acordo com o cabeleireiro natural de Almada, a ida para a multinacional italiana é “um regresso à “casa mãe””, já que o estilista de cabelos considera que a Alfaparf é a sua “escola enquanto cabeleireiro”.

Sobre o projeto que vai abraçar com a marca originária de Milão, o responsável pelos visuais de Sofia Ribeiro, Jessica Athayde e Mariana Monteiro não adiantou grandes detalhes, apenas afirmou que vai ter “outras funções, bem diferentes das que [teve] anteriormente e com o projeto mais ambicioso que alguma vez [lhe] foi apresentado e ao qual era impossível dizer que não”.

Sete anos depois de ter saído da “casa-mãe”, o empresário de 35 anos justifica esta mudança de marca com base nos laços afetivos que construiu ao longo dos anos com os profissionais que estão ao serviço do monstro da cosmética de Itália. “Esta é uma escolha conduzida, sobretudo, pelo afeto e pelo carinho”, pode ler-se no comunicado publicado nos vários meios de comunicação digital.

David Xavier assegura ainda a extrema vontade “de colaborar e colocar a Alfaparf Milano no coração de todas as pessoas que realmente se interessam pela arte dos cabelos” e promete também “mostrar as novas facetas” da sua atividade profissional, para além das que já demostrou “com as anteriores empresas com que [trabalhou]”.

Recorda-se que o almadense deixou a Alfaparf Milano em 2015 para abraçar um projeto de formação e de representação da Schwarzkopf Profissional e que, no ano passado, passou a estar ligado à L’Oréal Profissional, chegando mesmo a defender de forma pública a marca francesa, quando alguns dos seus embaixadores melindraram a mesma com a promoção e venda dos kits ilegais de coloração profissional. Chegou ainda convidado como formador de três formações online por parte desta empresa sediada em Oeiras.

O Diário do Distrito conseguiu saber junto de fontes ligadas à empresa italiana que David Xavier está a preparar várias iniciativas digitais com a nova marca e que até ao final do mês, todas estes eventos serão anunciados.

L’Oréal perde três rostos fortes para a concorrência

Ao que o Diário do Distrito conseguiu saber, esta não é a única perda significativa para o gigante da cosmética francesa.

No ano passado, outros dois dos cabeleireiros mais conhecidos e reconhecidos do território português, Berto Viana e Anabela Pereira, também deixaram de representar a empresa de Eugène Schueller, tendo passado o primeiro para a alemã Schwarzkopf Profissional e a segunda para a brasileira Truss.

- publicidade -

É caso para dizer: o almadense David Xavier começou bem o ano de 2021.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui