TV e Cinema

Cristina Ferreira conta os contratempos no aniversário da TVI

A diretora de entretenimento e ficção da TVI conta como a tempestade de sábado mudou os planos de toda a emissão especial de aniversário.

- publicidade -

O canal de Queluz, celebrou ontem, 20 de fevereiro, o seu 28º aniversário, numa emissão especial, mas com alguns contratempos, que levou a diretora de entretenimento e ficção da TVI, Cristina Ferreira, a falar desses mesmos contratempos que a equipa foi sofrendo com a depressão que assolou o país.

“Podíamos ter desistido. A tempestade não estava prevista quando desenhamos a emissão”, adiantou.

tarot terapêutico

“Estoicamente, a equipa TVI não vergou. Não fizemos tudo o que imaginámos, mas fizemos tudo o que foi possível. Voaram tendas, mudámos locais, trabalhámos literalmente com a lama nos pés”, acrescentou ainda que a missão TVI foi levada a bom porto: “Informação e Entretenimento juntos numa emissão de esperança. Acabámos agora, com um sentimento de união e felicidade extrema a celebrarmos juntos o termos conseguido. Ganhar é isto”.

Artigos Relacionados

One Comment

  1. A tvi é a antitese dos novos valores. Por lá, agora vigoram os ancestrais vicios da cunha, da intimação, do medo , da impunidade… bom para a concorrencia q fica a ganhar, pior para quem gosta de ter opções mais inteligentes. O argumento de pessoas q vieram de baixo e singraram devia servir de exemplo para os seguintes, mas pelos vistos o q subiu mantem os mesmos padrões de comportamento da casta que viram quando estavam a tentar subir: compadrio, colocar pessoas por obediencia e não competenc8a, estabelecendo quase um poder feudal em relação aos seus novos serviçais !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui