coronavírusDestaqueDistrito Setúbal

Covid-19 | Sesimbra continua em “zona vermelha” e Grândola regista a maior subida de casos

A DGS apresentou hoje, no seu relatório diário, a incidência cumulativa a 14 dias por concelho baseando-se em dados entre os dias 2 e 15 de junho.

- publicidade -

A DGS apresentou hoje, no seu relatório diário, a incidência cumulativa a 14 dias por concelho baseando-se em dados entre os dias 2 e 15 de junho.

No distrito de Setúbal, o concelho de Sesimbra está com um total de 337 casos por 100.000 habitantes, numa incidência cumulativa de 240-479, classificada de ‘risco muito elevado’. Neste patamar está ainda Grândola, com 253 casos, representando a maior subida do distrito, visto que nos últimos dados apresentados pela DGS (11 de junho) sobre a incidência cumulativa, este município tinha zero casos.

Com incidência cumulativa a 14 dias de 120-239 estão Alcochete (147), Setúbal (151), Palmela (160), Sines (160), Seixal (165), Montijo (163), Almada (166), Moita (174) e Barreiro (204).

Mais abaixo, com incidência cumulativa de 20-59 está Alcácer do Sal (51). Já Santiago do Cacém apresentou apenas 7 casos e está no nível mais baixo de incidência de <20 casos.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui