COVID.19: OMS diz que a pandemia “está longe de acabar”

Diretor geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) pede união, numa altura em que "a pandemia não está sequer perto de acabar".

publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

“A dura realidade é que a pandemia não está sequer perto de acabar”, afirmou o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. Numa altura em que foi ultrapassada a barreira dos 10 milhões de infetados e 500 mil mortos, Ghebreyesus pede união e considera que “globalmente, a pandemia está a acelerar. Estamos nisto juntos, e estaremos durante um longo período de tempo. Vamos precisar de ainda mais paciência, resiliência e humildade. Perdemos muito, mas não perdemos a esperança”.

O diretor-geral da OMS, deu o exemplo da Coreia de Sul, que conseguiu abrandar bastante a propagação do vírus. “A Coreia do Sul, em Fevereiro era o segundo país com maior número de casos, falei com o seu governo, os seus representantes chegaram à sede da OMS, concordámos em implementar o que tínhamos: parar a transmissão, e esse país ensinou ao mundo que, mesmo sem vacinas, é possível reduzir o número de casos e acabar com o surto viral”. Ghebreyesus salientou que o mais importante é “focar-nos no que temos em mãos agora: que o número máximo de países consiga travar a transmissão”.

 

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome