Parceiros
AtualidadeCovid-19

Covid-19: Nova sequela descoberta a nível cognitivo

Novo estudo científico revelou que doença pode ter como sequela um declínio cognitivo persistente.

- publicidade -

A covid-19 pode deixar como sequela um declínio cognitivo persistente, equivalente ao envelhecimento do cérebro em 20 anos.

Noticia a TSF que, um estudo científico da revista eClinicalMedicine revelou que os doentes hospitalizados com covid-19 em análise apresentaram deficiências cognitivas particulares.

Foram tido em análise 46 pacientes, seis meses depois de terem estado internados, dos quais 16 receberam ventilação mecânica. Foram comparados os resultados com os de 460 pessoas que nunca tiveram covid-19, sendo associadas 10 a cada um dos pacientes, de acordo com algumas características (idade, sexo, escolaridade e língua materna).

“O raciocínio verbal é o aspeto em que os doentes têm mais dificuldades”, destacou David Menon, professor da Universidade de Cambridge e responsável pelo estudo. Adiantou que alguns nem conseguiram fazer analogias simples, tais como distinguir atacadores de botões.

Menon alertou para a importância da vacina: “No caso de terem sido administradas todas as doses da vacina, a doença é menos grave. Então todos esses problemas serão menores”.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário