CDS-PP Almada solicitou informação sobre concessão do transporte público rodoviário

Requerimento foi enviado à Câmara Municipal

DR
publicidade
Tempo de Leitura: < 1 minuto

O CDS-PP Almada solicitou à Câmara Municipal informação acerca do concurso da Área Metropolitana de Lisboa para a concessão do serviço de transporte público rodoviário.

O requerimento foi endereçado pelo deputado municipal do CDS-PP, António Pedro Maco, no início desta semana à autarquia com o objectivo de que lhe seja facultada da toda a informação disponível e permitida ao abrigo da lei, acerca do novo concurso da responsabilidade da Área Metropolitana de Lisboa (AML) para a concessão de serviços de transporte público rodoviário.

«Uma vez que o denominado Lote 3 do concurso abarca o concelho de Almada, o deputado municipal do partido entende que é de crucial importância que seja do conhecimento público e geral, todos os trâmites do concurso para que cada um possa fazer as suas avaliações numa matéria que deve ser o mais transparente e divulgada possível, pois vislumbra-se uma grande oportunidade de alterar muitas das lacunas e dos problemas com que se deparam as populações no que diz respeito quer aos transportes quer à mobilidade e acessibilidades, considerando que não deve estar em causa apenas o investimento e o financiamento do concurso, mas sim, também a necessidade premente da concretização de um vasto plano integrado e concertado no que concerne a todos os meios de transporte na grande área metropolitana de Lisboa» refere a nota enviada à comunicação social.

António Pedro Maco, também membro efectivo da 6.ª Comissão da Assembleia Municipal de Almada (AMA) que trata das matérias relacionadas com os transportes, defende que «é urgente abrir a toda a comunidade local e metropolitana um grande debate acerca do assunto em apreço, entendendo ainda que os eleitos deverão ter uma palavra a dizer sob pena de se perder mais uma grande oportunidade das populações serem servidas de mais e melhores transportes públicos».

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome