AlmadaPolítica

CDS-PP Almada apresentou propostas à Câmara Municipal

A Concelhia de Almada do CDS-PP enviou às redações uma nota de imprensa relativamente à reunião do Estatuto da Oposição mantida com a Câmara Municipal de Almada, na qual apresentou propostas para as Grandes Opções do Plano e Orçamento Municipal para 2022, que será votado no fim do mês de Dezembro em sessão ordinária da Assembleia Municipal de Almada.

«A Concelhia de Almada do CDS-Partido Popular esteve reunida com a presidente da Câmara Municipal de Almada Inês de Medeiros, para cumprir aquele que é um direito que assiste aos partidos sem representatividade efectiva nos executivos autárquicos, o Estatuto da Oposição.


Desta forma, a presidente do partido em Almada, Sara Machado Gomes, aproveitou a reunião para apresentar algumas propostas ao executivo do partido socialista, nomeadamente a necessidade de um maior investimento na área social, considerando que o problema pandémico veio ainda a acrescentar maiores exigências e maior responsabilidade por parte do poder local em matéria de ajuda aos mais necessitados e às famílias que viram a sua qualidade de vida agudizar-se directa e indirectamente com a pandemia.»

Na mesma nota, o CDS-PP dá conta que «os apoios sociais têm ser uma prioridade no concelho, devendo ser reforçados sempre que se detectem famílias fragilizadas e vulneráveis, fazendo valer a responsabilidade das autarquias em matéria social em complementaridade com o poder central» e coloca a habitação «como prioridade no concelho».

Na reunião, o deputado municipal do CDS-PP, António Pedro Maco, relembrou «a necessidade e a urgência do reforço e incremento de habitação e parque habitacional no concelho, tal como a requalificação e o cuidado do espaço público envolvente nas respectivas habitações contribuindo para a dignidade dos seus moradores».

O CDS-PP Almada pretende também «um reforço nesse investimento, a fim de entregar aos almadenses um espaço mais cuidado, mais seguro, convidativo ao investimento e à utilização por todos, em concreto, os mais idosos, as pessoas com locomoção reduzida e condicionada nomeadamente o cidadão com deficiência.

As estradas locais e vias e acessos um pouco por todo o concelho, entende o partido que devem beneficiar de um reforço na rúbrica orçamental.»


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.