AtualidadeDestaqueMotor

Carros sujos são reprovados nas inspeções periódicas

A partir de 1 de novembro os centros de inspeção automóvel vão passar a ter regras mais exigentes para a avaliação e aprovação das viaturas que forem inspecionadas. O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) quer mais rigor na operação das inspeções automóvel, assim estabeleceu que a partir de agora o número de quilómetros passa a ficar registado no processo para que não haja fraudes e as condições de limpeza que as viaturas apresentem podem também contar para a aprovação da inspeção.

As novas normas impostas pelo IMT esclarecem que “sempre que as condições de limpeza prejudiquem as observações durante a inspeção, a viatura deve de ser reprovadas e o inspetor deve descrever na ficha de inspeção a não realização dos ensaios e verificações correspondentes por não existirem condições de limpeza”.

Já no caso dos quilómetros, se o carro tiver menos quilómetros desde a inspeção anterior, isso passa a constar na ficha de inspeção. Também qualquer alteração feita na viatura também constará na ficha e no processo.

[themoneytizer id=”61056-1″]

 



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.