Atualidade

Bispo de Setúbal apela ao ‘regresso às raízes’ e à felicidade na Quaresma

- publicidade -

O Bispo de Setúbal, D. José Ornelas, divulgou a mensagem para a Quaresma, na qual frisa que   o tempo de preparação para a Páscoa é de ‘renovação e esperança’ e nesta convida a ‘regressar às raízes’ e ‘à vida e às relações’

«Cansados da pandemia que já dura mais de um ano, todos ansiamos por regressar à vida e às relações que nos vão escapando e de que sentimos saudade.

tarot terapêutico

Regressar às raízes, à autenticidade, à felicidade. Não é um simples regressar ao passado, mas um regressar ao fundamento válido que torna possível um futuro renovado.»

O Bispo de Setúbal considera que «o primeiro passo deste regresso é reencontrar as próprias raízes, com o regresso à verdade e coerência com o próprio ser como pessoa, como marido ou esposa, como pai/mãe, como filho/a, como padre ou bispo, como professor, aluno ou operador de qualquer serviço na sociedade», e também «regressar a relações renovadas uns com os outros».

O bispo de Setúbal deixa ainda o pedido para que seja renovada a «a atenção a quem precisa, cuidando dos que estão mais fragilizados, para que ninguém seja deixado à beira do caminho. A pandemia ensinou-nos que não se pode ter uma sociedade justa e de sucesso. Nem ser a Igreja de Cristo, sem colaborar para que todos tenham a possibilidade de uma vida digna.»

Na Mensagem para a Quaresma, D. José Ornelas informou que a renúncia quaresmal da Diocese destina-se este ano a apoiar as famílias atingidas pela crise da pandemia Covid-19 e os refugiados da guerra, na Diocese de Pemba, em Moçambique.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui