DesportoEntrevistaSesimbra

Beatriz João, a canoísta sesimbrense que promete dar que falar

Canoísta do Clube Naval de Sesimbra, Beatriz João é uma das promessas do desporto português. Com 17 anos, o início na canoagem deu-se há cinco anos e desde então tem conseguido alcançar inúmeras conquistas. As mais recentes foram um terceiro lugar no campeonato europeu e um quinto lugar no mundial. O objetivo da atleta é todos os anos melhorar e estabelecer novos desafios.

O Diário do Distrito entrevistou a jovem.


DD: Como é que começaste a praticar canoagem?

BJ: Vim para a canoagem pois duas amigas minhas praticavam. Na altura não fiquei muito pela modalidade, mas depois comecei a ganhar a paixão pela canoagem e pela competição.

DD: Como se consegue conciliar os estudos com a prática de desporto de alta competição?

BJ: É necessário definir prioridades e aproveitar o pouco tempo que temos ao máximo. Temos de nos dedicar aquilo que queremos.

DD: Gostavas de um dia chegar aos Jogos Olímpicos?

BJ: Acho que todos os atletas pensam nisso.

DD: Qual é o teu canoísta favorito?

BJ: Em Portugal gosto da Teresa Portela. A nível internacional é a Lisa Carrington, que é a atual campeã olímpica.

DD: Como te preparas para uma competição?

BJ: Há diferentes fases numa época. Quando começa a época os treinos ficam mais específicos para cada competição.

DD: Corres em K1, K2 e K4. Há alguma diferença na preparação para correr nestas diferentes categorias?

BJ: As distâncias que fazemos são as mesmas, mas é diferente competir individualmente ou com uma equipa. O individualmente depende mais de nós e uma equipa é um conjunto que depende de todas.

DD: Foste terceiro lugar nos últimos campeonatos europeus de canoagem e quinto a nível mundial. Como se sentiram com estas conquistas?

BJ: Nós já estávamos com boas perspetivas. Claro que chegar a medalha era o principal objetivo, mas também era visto como um sonho.

- publicidade -

DD: O que esperas para o futuro?

BJ:É continuar a trabalhar para na próxima época voltar a fazer parte da seleção nacional e da comitiva portuguesa que vai participar nos campeonatos da europa e do mundo. E depois, segundo o selecionador, fazer as distâncias e as tripulações que decidir.

DD: Há alguma diferença entre competir em Portugal e fora?

BJ: Eu nunca fiz uma competição internacional em Portugal. O apoio do público lá fora é muito bom. Não temos tantos pais lá, mas os que estão fazem a festa por todos. Acredito que cá em Portugal, com mais público, será ainda melhor.

DD: Já competiste alguma vez em Sesimbra?

BJ: As provas que compito, que são de velocidade, acontecem no rio. Em Sesimbra só dá para fazer canoagem de mar e agora vai haver uma competição onde vamos até Setúbal.

DD: As pessoas de Sesimbra gostam de canoagem?

BJ: O interesse na canoagem tem vindo a aumentar, mas ainda faltam apoios para valorizar ainda mais o desporto.

DD: Porque os jovens não praticam canoagem?

BJ: Acho que há falta de publicidade da modalidade e talvez por causa disso não consiga atrair tantos atletas.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.