Banco recusa reabrir balcão em Alhos Vedros mas mantém multibanco

O Millenium BCP recusa reverter a decisão de encerrar o balcão de Alhos Vedros, mas garante manter o terminal de multibanco e informar a autarquia caso o retire.

DR - Google
publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

O presidente da Câmara Municipal da Moita, Rui Garcia, reuniu com a direção do Millenium BCP sobre o encerramento do balcão em Alhos Vedros.

Nesta reunião, e segundo um comunicado da autarquia, o banco afirmou a indisponibilidade para reverter a decisão, justificada com a baixa procura para um esforço elevado em termos de recursos.

A Câmara Municipal da Moita salientou a particular responsabilidade de serviço público que a banca tem, designadamente após ter sido apoiada, como foi, no seu equilíbrio e sustentabilidade, pelo que a autarquia não considera aceitável este tipo de decisões que colocam em causa o acesso facilitado da população aos serviços bancários.

Já o director regional de Setúbal do BCP salientou que serão mantidas as duas agências no concelho – na Baixa da Banheira e na Moita, e nesta última foi feito um investimento de modernização e adaptação, devendo também ser reforçada com mais um trabalhador, visto que irá receber as contas dos clientes do balcão de Alhos Vedros.

Entre a autarquia e o banco foi alcançado o compromisso de não ser retirado o multibanco no antigo balcão e de, no caso de haver futuramente a intenção de o encerrar, tal ser comunicado antecipadamente, de forma a permitir ao município encontrar uma localização alternativa.

A Câmara Municipal irá, tal como comprometido, continuar a ronda de conversações com diversas entidades bancárias, no sentido de tentar encontrar alguma disponibilidade para ser garantido um serviço bancário de proximidade na freguesia de Alhos Vedros.

No dia 27 de Maio, a população reuniu-se em protesto, no que têm sido acompanhados pelo PCP, BE e PS, que se posicionaram contra este encerramento.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome