Quantcast Choice. Consent Manager Tag v2.0 (for TCF 2.0)
MontijoReportagem

Autarquia do Montijo não vai aumentar taxa de resíduos sólidos urbanos em 2021

- publicidade -

Na primeira reunião do executivo camarário do Montijo em 2021, que até Março vão ter lugar no Cinema Teatro Joaquim d’Almeida, além dos votos de Bom Ano, Nuno Canta apresentou como habitualmente um balanço da situação da pandemia de covid19 no concelho.

“Temos de reconhecer que a pandemia está a recrudescer no mundo e em Portugal, sem dúvida devido à situação das festas. No caso do Montijo, deixámos de estar no nível ‘muito elevado’ e estamos agora no nível ‘elevado’, sendo o único concelho do ACES do Arco Ribeirinho que desceu nessa classificação, mas tudo pode mudar.”

Nuno Canta revelou ainda que na próxima semana irá iniciar-se a vacinação nas IPSS do distrito “e embora o Montijo não seja o primeiro concelho a receber essa acção, só podemos congratular-nos com este processo”.

O autarca destacou novamente o trabalho da autarquia no apoio à população e aos empresários do concelho durante a pandemia, destacando também que “iremos hoje votar a suspensão da actualização das tarifas sociais de resíduos sólidos urbanos nas facturas de água, por via desta situação excepcional que vivemos”

Na votação e aprovação (por unanimidade) deste ponto, Nuno Canta explicou que “a lei indica que as autarquias têm de recuperar o valor que pagam na gestão dos resíduos, e no caso do concelho, os montijenses não pagam ainda a totalidade dessa despesa.

No entanto, sabemos que o ano de 2021 será muito difícil para todos e por isso a Câmara Municipal irá fazer um esforço financeiro para fazer a cobertura destes 8% de deficit que não iremos cobrar este ano, para benefício das empresas e das empresas, e a respectiva actualização será feita em próximos anos, mas garanto que os montijenses nunca irão pagar ‘lucros’ como acontece noutras autarquias que optaram por criar empresas multimunicipais e aí sim, procuram obter lucros”.

Foram também aprovados votos de pesar pelo falecimento de Carlos do Carmo e de João Cutileiro, seguido de um minuto de silêncio.

João Afonso (PSD/CDS-PP) voltou a lançar a discussão da tarde, quando relembrou “os problemas do parque habitacional no Montijo, onde há pessoas que estão a viver situações muito dramáticas, sobretudo neste período de Inverno.

Com a verba que foi recebida pelo país ao longo de décadas, não se compreende como ainda temos situações destas com pessoas a viver em condições sub-humanas, e temos de ter um desígnio social para este problema.”

Carlos Almeida (CDU) frisou que “o direito à habitação está definido na Constituição da República, mas também é uma realidade que as câmaras não têm sempre capacidade para garantir esse direito, quando temos governos de direita que têm destruído todos sectores públicos do país, o que aumentou os problemas económicos e sociais e tirou muitos instrumentos ao Estado”, criticando ainda as “políticas de direita no que à habitação diz respeito”, relembrando a lei das rendas aprovada pelo Governo PSD/CDS-PP.

Em resposta, Nuno Canta solidarizou-se com “todas estas situações que sabemos irão continuar a acontecer no futuro. No entanto, quando refere os fundos que vieram para Portugal, é preciso lembrar que esse dinheiro não tem chegado ao distrito de Setúbal.

Quanto ao investimento em habitação social, esse tem sido feito no Montijo, e nos próximos anos irá ter um grande processo.”

Carlos Almeida questionou o presidente sobre “quais os resultados dos testes ao covid19 que têm sido feitos e estão a decorrer no concelho, bem como se tem informações sobre a fidelidade dos testes”, e ainda se a autarquia foi contactada por um laboratório “com testes mais fáceis e mais rápidos”.

- publicidade -

Nuno Canta explicou que “os testes que realizamos agora são bastante rápidos” e também confirmou “contactos de laboratórios para a realização de testes, e estamos a estudar também a medida de criar um drive in para testes, no espaço da Montiagri”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui