LisboaPaís

Arraial Lisboa Pride volta hoje a encher o Terreiro do Paço

- publicidade -

De edição anual e entrada livre, o Arraial Lisboa Pride integra a programação das Festas de Lisboa, sendo organizado em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, a EGEAC Cultura em Lisboa, a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior e a Junta de Freguesia da Misericórdia.

A festa começa às 16h00 e, de acordo com a organização, pretende marcar, mais uma vez, a “identidade de Lisboa como cidade que sabe valorizar e acarinhar a diversidade e a igualdade, dizendo não à discriminação e dando visibilidade à população LGBTI e às suas famílias”.

Todos os anos, milhares de pessoas enchem o Terreiro do Paço para celebrar esta festa colorida. Em 2018, o Arraial Lisboa Pride recebeu mais de 70 000 visitantes, não só lisboetas mas muitos portugueses vindos de outras partes do país. Leiria, Aveiro, Porto e Évora são algumas cidades que vão estar representadas nesta festa pela igualdade.

A programação não é só musical, apesar de serem 12 horas de música no palco principal. No Terreiro estão a carrinha itinerante das Bibliotecas Municipais de Lisboa, a carrinha MOVE-SE do GAT com rastreios de HIV e vários workshops, bem como as tendas onde se servem bebidas, comidas, roupas e lembranças.

Na sua página de Facebook, a organização lamenta que os direitos LGBTI estejam a ser “postos em causa em todo o mundo”, sendo “mais importante do que nunca enviar uma mensagem forte de apoio e defender a igualdade e a livre expressão para todas as pessoas”.

Recorde-se que em 68 países é crime ou proibido expressar outra sexualidade que não a heterossexualidade. Daí a importância destas e de outras formas de visibilidade, como a ‘Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa’, que percorre as ruas da capital no próximo sábado.

“Pela igualdade. Pelo direito em amar quem quisermos. Pelas famílias que se amam. Pelo direito de utilizar a casa de banho que corresponde à nossa identidade de género. Porque o Orgulho não tem fronteiras quando são uníssonas as nossas vozes!”, diz o texto da organização.

E são muitos milhares que, neste dia, se juntam pela igualdade de direitos e enchem Lisboa com as diversas formas de amor.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *