Parceiros
AlcocheteAtualidadeSociedade

Alcochete | Executivo aprova Orçamento de cerca de 20 milhões de euros

- publicidade -

A Câmara Municipal de Alcochete aprovou as Grandes Opções do Plano, o Plano Plurianual de Investimentos e as Atividades Mais Relevantes para os anos de 2022 a 2026. Foram também aprovados o Orçamento e Plano Orçamental Plurianual para os anos de 2022 a 2026, e o Mapa de Pessoal para 2022.

Em 2022, o financiamento definido para as Grandes Opções do Plano é de €7.840.285, para o Plano Plurianual de Investimentos é de €4.047.837 e para as Atividades Mais Relevantes é de €2.892.448, ascendendo o Orçamento de 2022 a €21.471.207 (mais €2.134.983 face ao orçamento de 2021).

Em sessão pública do executivo, o presidente da Autarquia de Alcochete, Fernando Pinto, salientou que “as Grandes Opções do Plano e o Orçamento do município são documentos estruturantes da organização, que refletem as orientações políticas fundamentais, a estratégia de desenvolvimento local, os programas, projetos e as principais ações que a câmara municipal prevê e pretende realizar em 2022”.

O autarca frisou ainda que “o compromisso eleitoral, votado maioritariamente nas eleições autárquicas de 26 de setembro de 2021, é naturalmente a referência, um farol na elaboração destes documentos, de modo a renovar o contrato social com a nossa população, por via de propostas, medidas e operações concretas e consistentes e que objetivamente sirvam o concelho na sua totalidade, proporcionando um auspicioso e desafiante futuro para todos e contribuindo também de forma decisiva para a eliminação ou mitigação das assimetrias existentes no nosso concelho”.

Na sua declaração, Fernando Pinto lembrou que “depois de um profícuo trabalho de quatro anos, que desenvolvemos junto das pessoas, das instituições, dos empresários, mas também das associações locais, apoiando de forma inequívoca e participando sempre na solução, conseguimos, com muito empenho e rigor, diminuir a dívida, aumentar solidamente o investimento e reduzir substancialmente a carga fiscal sobre os nossos munícipes.”

Segundo o autarca, as nossas prioridades para este Orçamento passam pela educação, higiene urbana e ambiente, na rede viária, nas infraestruturas desportivas, nos edifícios municipais, na cultura e turismo, na ação social e na habitação. O objetivo deste conjunto de planos e projetos, é continuar a “trabalhar todos os dias para que o nosso concelho esteja cada vez mais limpo e mais apresentável e para que possamos afirmar em definitivo a marca “Alcochete”, sem que para isso percamos a nossa identidade, mantendo assim vivas as nossas mais fiéis tradições num vasto programa cultural, que se deseja cosmopolita, mas sobretudo inclusivo”, rematou o autarca.

Fazendo contas aos documentos, o autarca destacou “uma nota de todo determinante e que influi no Orçamento, que assenta na regularização de contratos com vínculo precário que temos vindo a desenvolver desde 2018”, na “anuência das mobilidades inter carreiras”, “na implementação da Opção Gestionária” e do suplemento de insalubridade e penosidade pelos máximos permitidos e em todas as áreas previstas na legislação em vigor, incluindo as áreas do Asfalto e Recolha de Animais, que só poderão ser abrangidas a partir de janeiro de 2022”. Ainda no âmbito do Orçamento, Fernando Pinto destacou o decréscimo da dívida que de 2017 a 2021 diminuiu €2.760.554,09.

Do leque de projetos, empreitadas e apoios incluídos no Orçamento e Plano para o próximo ano, Fernando Pinto destacou algumas empreitadas e apoios: a requalificação e ampliação da Escola Básica do Samouco, requalificação do Polidesportivo do Samouco, contíguo à Escola Básica, construção da rede de saneamento e repavimentação da Rua do Aceiro – Passil e da Rua Vale Figueira em Alcochete, a requalificação do Polidesportivo de São Francisco, a requalificação da zona envolvente e do edifício do Fórum Cultural, a requalificação e ampliação do Centro Municipal de Recolha de Cães, e entre outros apoios ao movimento associativo, festas do concelho, bombeiros voluntários ou instituições particulares de solidariedade social, a entrada em funcionamento da nova empresa Transportes Metropolitanos de Lisboa, com novas viaturas e mais carreiras.



SONDAGEM: Qual o seu sentido de voto nas próximas eleições legislativas a realizar no dia 30 de janeiro.
Carregue neste link para votar e partilhe
https://t.me/diariodistrito/1253

Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.