AtualidadeMontijoReportagem

Academia Sénior de Sarilhos Grandes foi inaugurada

publicidade

A cerimónia de inauguração oficial da Academia Sénior de Sarilhos Grandes teve lugar na tarde desta quinta-feira, nas instalações da Academia Musical União e Trabalho (AMUT), um dos parceiros, em conjunto com a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Montijo e Afonsoeiro deste novo equipamento para a população sénior.

Apesar de já estar em funcionamento desde Junho, com 31 alunos e 6 professores, na sede da Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Sarilhos Grandes, para a cerimónia oficial foi escolhido o Dia Internacional das Pessoas Idosas (1 de outubro), com os habituais discursos e um momento de poesia pela Academia Sénior de Pegões e Canha e um apontamento de fado por dois alunos da Academia Sénior de Atalaia e Alto Estanqueiro-Jardia.

Isabel Moisés, da Divisão Social da Câmara Municipal e responsável pelas academias séniores do concelho, frisou a importância destes equipamentos “na vida das pessoas que, chegadas à reforma, se vêm sem opções, muitas no meio da solidão”.

Explicou depois as iniciativas levadas a cabo pela autarquia no âmbito do Projecto Envelhecimento Activo, resultado da candidatura ao Programa Operacional Regional de Lisboa 20202020-Idade Mais.

“Vivemos tempos muito estranhos, mas mesmo assim há um enorme interesse dos sarilhenses, que aderiram a este desafio, inscrevendo-se nas aulas, procurando assim também deixar de lado a tristeza destes tempos.”

Em representação de Fernando Machado, presidente da Junta de Freguesia de Sarilhos Grandes, interveio Beatriz Valente, 1.ª secretária da Assembleia de Freguesia, que também frisou o importante papel das academias e universidades séniores para “quem chegou à reforma e enfrenta a inactividade, tendo nestas uma nova forma de encarar a vida. São  projectos sociais de extrema importância para combater a solidão e o envelhecimento activo é uma área na qual cada vez mais se tem e deve investir, para vencer barreiras e abrir horizontes.”

Agradeceu depois aos parceiros do projecto, a Câmara Municipal do Montijo, a Junta de Freguesia de Sarilhos Grandes, a Academia Musical União e Trabalho e a Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Sarilhos Grandes.

“Envelhecer deve ser um privilégio e não um fardo. E por isso é também um desafio e uma prioridade da Junta de Freguesia”, relembrando ainda que “o início deste projecto coincidiu com a pior altura do covid19, mas também esse obstáculo foi ultrapassado e iremos continuar com todas as medidas da DGS.”

Na sua intervenção, Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, frisou também que “este foi um compromisso eleitoral do PS e que foi cumprido. Trata-se de mais um espaço de encontros, envolvências e aprendizagens, no qual todos os que participam fazem um trabalho de integração dos séniores e também é uma via para a coesão colectiva e um elo de ligação entre todos.

Iniciámos esta Academia numa altura de grandes dificuldades, e que obrigam ao distanciamento físico mas que ao mesmo tempo veio demonstrar que é possível que todos  possamos estar juntos aqui, simbolicamente, e também nas aulas.

É inegável a importância destes espaços, para a formação e ligação entre as pessoas, e particularmente nesta pandemia”, relembrando os equipamentos semelhantes existentes no concelho.

Nuno Canta deixou também uma homenagem “a todos os que protagonizaram o trabalho autárquico ao longo dos seus anos de vida, quer eleitos e oposição. E não posso deixar de dar também uma palavra a todos os voluntários, como os professores, que abraçam estes projectos, mas também todos os que realizam esse voluntariado nas associações e colectividades e aos que também responderam ao que foi necessário durante o período  de confinamento para garantir o bem-estar de todos.

São todos esses que honram a nossa história, pela sua dedicação e solidariedade.”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui