Opinião

A sopinha dos pobrezinhos!!

- publicidade -

Todos os grandes teóricos da Ciência Política têm feito notar que um dos mecanismos de preservação de Poder consiste em “comprar” clientela política através do discurso do medo, in casu, do medo da perda do que actualmente possuem! E assim seduzem o voto daqueles a quem oferecem “a sopinha”!

O distrito de Setúbal é, há muito, referenciado pelos seus fenómenos de pobreza persistente, e intergeracional.

E fácil é dizer a CDU que “colabora no combate à pobreza”! Para quem pouco tem, a oferta do pão e da sopinha reconfortante é motivo dos maiores elogiosos e aplausos a uma Administração Autárquica. E esta, por perceber este mecanismo, parece ser a primeira interessada em manter este estado de coisas.

“Dê-se-lhes brioche”, terá dito Maria Antonieta! Em Setúbal seria: dê-se-lhes a sopinha e o bailarico nas Associações, e eles ficam contentes”!!

Porque a CDU sabe muito bem que quem pouco ou nada tem, fica eternamente grato por pouco ou quase nada que receba.

Fácil será ao leitor acompanhar o meu raciocínio, e reparar o motivo das fortunas gastas pela Administração Autárquica da CDU em Associativismo: é o seu ganha pão de votos! A pobreza, sobretudo enquanto crença em algo definitivo e insuperável, é o fermento destas Administrações.

E assim é. De facto:

– inexistem, ou são escassos e de difícil acesso burocrático, serviços de assessoria e aconselhamento jurídico, que possibilitem às pessoas mais desfavorecidas o devido esclarecimento sobre os seus direitos e deveres;

– a prática reiterada de “guetização” nos bairros promove a visão de dois mundos avessos: o deles e o dos outros!

 – situação esta que conduz ao desaproveitamento do potencial humano de tantos jovens cheios de talento e potencial… porque “são do bairro”;

 – e de tal modo assim é, que merecem o rótulo de “os inaproveitáveis”, sentenciados sem Apelo a esse “clichê”;

 – os programas de qualificação de competências são despersonalizados, desconsiderando as competências e vocação profissional das pessoas em concreto;

 – e a única promessa que se lhes dá a CDU…. é da de, no próximo mandato, continuar a dar a “sopinha”!!!

- publicidade -

A Oposição quer acabar com “a sopinha”? Eu gostaria mesmo que a sopinha acabasse! Gostaria, aliás, que esses pobres, merecedores do nosso maior respeito, desaparecessem…. que desaparecessem por terem saído da pobreza.

Mas a pobreza destes pobres serve de alimento a muita “vontade de Poder”, e a muita despesa “interessante para chorudas adjudicações”. É assim em Setúbal! É CDU.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui