Almada

3.ª edição do Prémio de Investigação Cidade de Almada já tem vencedoras

- publicidade -

O Prémio de Investigação Cidade de Almada, na sua 3.ª edição, na categoria de Ciências e Tecnologias, foi atribuído ao projeto PureCleanMIP – Produção limpa de anticorpos plásticos no LAQV, FCT – NOVA, de Raquel Viveiros e Teresa Casimiro.

Trata-se de uma solução para purificação inovadora do laboratório à indústria e Raquel Viveiros e Teresa Casimiro receberam um prémio pecuniário, no valor de 15 mil euros, e um trofeu de direitos de autor para a proposta de investigação.

A cerimónia realizou-se no dia 30 de dezembro de 2019, no Auditório Osvaldo Azinheira, em Almada.

A Menção Honrosa para Elvira Fortunato e Rodrigo Martins, na categoria de Ciências e Tecnologias, coube a Elvira Fortunato e Rodrigo Martins, da FCT – NOVA, campus da Caparica, pelo projeto «PAPELCARE – Desenvolvimento de testes de diagnóstico não enzimáticos colorimétricos e de baixo custo para deteção de biomarcadores».

Com este galardão bienal, a autarquia pretende apostar no potencial da investigação, como motor do desenvolvimento local, e projetar o concelho como território do conhecimento e da inovação.

O Prémio de Investigação Cidade de Almada teve como membros do júri: João Couvaneiro, vice-presidente da Câmara Municipal de Almada, e indicados pela Academia de Ciências de Lisboa estiveram Manuel José de Matos, Ana Maria de Matos Charas, Helena Alves e Jorge Manuel Ferreira Morgado.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo