Famosos

Viúva de Pedro Lima fala sobre os últimos dias do ator e alerta para medicamento potencialmente fatal

publicidade

Anna Westerlund fez um desabafo no seu Instagram sobre a saúde mental, a importância de falar sobre o tema e os últimos dias de vida de Pedro Lima.

A ceramista disse que o marido estava a ser seguidos por profissionais de saúde e deixa um alerta sobre medicamento potencialmente fatal.

“Não existe saúde sem saúde mental. Cerca de 800 mil pessoas morrem de suicídio a cada ano, sendo essa a segunda principal causa de morte em pessoas com idade entre 15 e 29 anos.  Sinto que o momento que vivemos torna urgente falar-se de saúde mental e sem tabus sobre depressão”.

“O Pedro estava a ser seguido por um psicólogo e um psiquiatra em consultas on-line. Tinha uma vontade enorme de se tratar. Há medicamentos que têm como possível efeito secundário o suicídio. Se o diz, é porque em algumas pessoas causará esse efeito. Isto é um facto não é uma especulação”, aponta como razão para o suicídio do marido.

“A depressão tem várias formas de existir, pode ser mais ou menos “fulminante”, mais ou menos visível aos olhos dos outros, pode ser mais ou menos silenciosa. É importante falar de certas doenças sem associar estigmas. Perceber que todos sem excepção estamos susceptíveis de um momento para o outro de ultrapassarmos o nosso limite, porque ninguém sabe qual é o seu gatilho. A depressão é a principal causa de incapacidade em todo o mundo”, conclui.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui