AveiroDistritoTurismo

Visitas guiadas para conhecer as Guardiãs do Castelo

Nos meses de outubro e novembro, a zona envolvente do Castelo de Santa Maria da Feira será o espaço escolhido para quatro visitas guiadas muito especiais. O mote será descobrir o património natural da cidade constituído por um conjunto de árvores emblemáticas e centenárias.

publicidade

Dispersas pelas encostas que rodeiam o Castelo de Santa Maria da Feira, na Mata das Guimbras e na Quinta do Castelo, existem árvores dignas de admiração – faias, castanheiros, cedros, tulipeiros-da-Virgínia, pinheiros-mansos, lódãos, metrosíderos e tantas outras. Árvores emblemáticas e centenárias que transformam os espaços num oásis urbano de inegável beleza que importa guardar. São as Guardiãs do Castelo.

Dá-se assim o mote para, através de quatro visitas guiadas gratuitas, redescobrir estes tesouros naturais, situados na zona envolvente do Castelo: a 18 de outubro, entre as 10h00 e as 12h00, e a 31 de outubro, 7 e 21 de novembro, entre as 14h30 e as 16h30. As inscrições, que serão limitadas, devem ser feitas através do link https://forms.gle/f2Vn6DCjSJBzmKQBA. O período de inscrição inicia-se cinco dias antes da data de cada visita.

Promovida pela Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e inserida no projeto Biodesafios,
a atividade Guardiãs do Castelo, além de realçar a importância dos espaços verdes e das árvores, em particular para o bem-estar e saúde da população e da própria cidade, convidando a descobrir a biodiversidade existente, permite sentir e usufruir do valioso património natural e admirar a paleta de cores outonais que nos oferece esta altura do ano. A ação segue todas as recomendações da Direção-geral da Saúde, incluindo o uso obrigatório de máscara e o cumprimento das regras de distanciamento físico.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui