AlmadaCantinho da Bicharada

Vídeo mostra condições onde viviam animais em Almada

Video mostra situação do canil ilegal de Sto Antônio onde era feita criação ilegal de cães Sharpei

- publicidade -

Um vídeo captado pelos Amigos dos Animais – Costa de Caparica mostra as condições em que, durante anos, viveram vários cãe, situação que foi denunciada durante anos e alvo de processos judiciais, conforme o Diário do Distrito já noticiou.

«Este é um canil onde já não existem animais, mas onde é bem visível a realidade cruel em que viveram até há pouco tempo» referem os elementos dos Amigos dos Animais – Costa da Caparica.  

Também no dia 4 de Agosto, um grupo de pessoas reuniu-se num protesto simbólico junto do canil de Santo António, na Costa da Caparica, onde o proprietário fez criação de cães da raça Sharpei, para chamar a atenção das autoridades, situação que viria a ter uma intervenção da Câmara Municipal de Almada, através do Provedor dos Animais do Município.

Um comunicado da autarquia, publicado a 14 de agosto, dá conta das diligencias que foram tomadas «face às várias questões e preocupações que têm surgido por parte de munícipes», e que esclarece que «no dia 12 de agosto de 2020 realizou-se uma visita ao Canil de Santo António por parte do Serviço Veterinário da Câmara Municipal de Almada, do Provedor dos Animais do Município de Almada e do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR (SEPNA)».

Segundo a autarquia a visita teve o intuito de «verificar o estado de saúde dos animais e recolher provas e evidências compatíveis com maus tratos físicos.

Foi efetuado o registo de todos os exames, e continuarão a ser realizados os que sejam necessários para complementar a informação no processo.

Apesar de se notar alguma negligência nas condições higiossanitárias do local, não foram detetadas evidências de mau estar animal, contudo será feita uma avaliação contínua.

Até à data deste comunicado não existem animais com lesões, nem cadelas grávidas.»

O comunicado dá também conta que foi feita a retirada de cachorros do local nos últimos meses pelo Serviço Veterinário Municipais e pelo Provedor dos Animais do Município de Almada, «não existindo no momento nenhum animal com menos de 6 meses no local» e ainda que «desde Abril de 2020 foram retirados do espaço 9 animais por se considerar, na altura, que poderiam vir a constituir situação de risco».

O Serviço Veterinário Municipal vai garantir que os animais vão  ser esterilizados vacinação antirrábica e identificação eletrónica dos animais, e o proprietário do canil «comprometeu-se com não obter mais animais, bem como informar a Câmara Municipal em caso de doença de algum dos animais, e a disponibilizar o acesso total aos animais sempre que Câmara Municipal ou o Provedor dos Animais considerem necessários, independentemente do dia ou hora».


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo