Vídeo mostra apedrejamento a elementos da polícia na Quinta do Mocho

Videos mostram os apedrejamentos às forças policiais e também de incentivo à violência sobre a polícia

publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Um grupo de polícias foi chamado ao Barro da Quinta do Mocho, em Sacavém, devido ao não cumprimento das medidas de confinamento, uma vez que foram denunciadas situações de ajuntamentos e venda de bebidas fora das 20h00.

No entanto, ao chegar ao local, as forças policiais depararam-se com vários indivíduos nos telhados dos prédios, que apedrejaram e atiraram garrafas aos elementos de segurança, momentos que foram captados em vídeo, o que obrigou a uma intervenção ‘mais musculada’ e a um reforço dos meios no local.

Foram detidas quatro pessoas.

Segundo vários grupos de elementos de segurança, logo após a intervenção policial, foram também feitos vídeos de moradores da zona, incentivando à resistência à policia.

«Já circulam pelas redes sociais vários vídeos sobre a intervenção de ontem na Quinta do Mocho.

Vários delinquentes fizeram vídeos, fotos, apelando à revolta e incentivando ataques às forças de segurança.

Estes delinquentes têm de entender que os bairros, não são terra sem lei e que a lei, entra em todo o território nacional. Que fique claro que, mais uma vez, a Polícia deslocou-se ao local por existirem várias reclamações de ruído e incumprimento relativamente ao horário de encerramento de estabelecimento de bebebidas» refere o grupo Carro de Patrulha.

publicidade

1 COMENTÁRIO

  1. POIS!…É assim que os deficientes mentais que só têm garganta no FB vomitam alarvidades estilo CHEGA e apoiando este partido nacional socialista (NAZI) para os mais mentecaptos, largam comentários como quem defeca debaixo de um arbusto.
    NINGUÉM ESTÁ ACIMA DA LEI!… Seja quem for.
    Se os designados Bairros problemáticos existem é porque algo muito ERRADO nesta sociedade os criou. São os mesmos montes de m**** que defecam pela boca que geram ódios no seu dia-a-dia e o acumular desses ódios acredito que estão a chegar a um ponto de ruptura social que irá abalar todos, os culpados e os colaterais.
    A LEI É PARA SER CUMPRIDA, POIS POR MUITO INJUSTA QUE SEJA, A LEI É A LEI !
    Mudá-la será o único caminho mas mudá-la pelas vias da democracia e com representatividade popular, não nas ruas com combates urbanos entre cidadãos que se rebelam porque acreditam que as polícias são o seu inimigo e vice versa.
    Isto não é algo que nasceu nem ontem nem antes de ontem, é algo MUITO MAU que tem vindo a ser alimentado pelos mesmos de sempre, os mantedores do sistema, capitalizar TUDO, e dar NADA, capitalizar mesmo as vidas dos que sonham sob efeito dos mídia que trabalhando muito sem direitos nem descanso, ficarão ricos, pois NUNCA o serão é o seu futuro, um futuro de baixos salários e uma manutenção de classe pré escrava.
    Estes “arruaceiros” atacam a polícia e tudo e todos, não só a polícia, porque NÃO acreditam que de outra forma se façam ouvir. Não possuem cultura cívica porque têm vivido no gueto de onde NUNCA saíram, desde há muito, o mesmo aconteceu com os seus pais e avós, não conhecem outra forma de agir nem cumprir as regras dos demais cidadãos, os guetos continuam pois há quem neles tenha bastante interesse em os manter, exemplo, os donos do partido CHEGA, do PNR, do IL e mesmo do CDS-PP e muito PPD/PSD, ainda do PS. Afinal estes últimos são os do arco governativo há mais de 40 anos, um outro género de ciclo vicioso que substituiu Salazar e o Estado Novo desde 25 de Novembro de 1975.
    Leiam os comentários, na origem da notícia e analisem vós mesmo, pois sei que muito acéfalo sequer entenderá o que eu aqui escrevo ainda menos que todas as CONSEQUÊNCIAS têm origem em ACTOS, muitos dos quais nem nos apercebemos que os praticamos e deixamos seguir impunemente.
    As forças de manutenção da ordem pública, são elas também pessoas, têm família, amigos, conhecidos, camaradas de trabalho etc., e como tal também elas começam a ver nestas atitudes o nascer de um ódio que sequer conseguem explicar, esse ódio é contagioso e acaba por os contagiar também, daí muitas das vezes, o controlo escapa e muito oportunismo mina inclusive as nossas forças de manutenção de ordem pública.
    Estamos a atingir um estado muito perigoso, onde claramente se está a formar uma cisão muito grave ao nível social. Acredito que os conflitos se irão intensificar e cada vez mais a coisa vai ser feia e quem ganha com isso ?
    RESPOSTA : OS EXTREMISTAS DO CHEGA, DO PNR, DO IL entre outros e o FASCISMO apresenta-se como libertador, aprisionado-nos a todos.
    ATENÇÃO É AGORA QUE TEMOS DE PENSAR EM FORMAR RESISTÊNCIA CONTRA ESTA ESCUMALHA FASCISTA, e o FB é apenas mais um meio do fascismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome