Política

André Ventura diz que Cabrita “devia ser decapitado” e fica suspenso no Twitter

O líder e deputado único do Chega, André Ventura, viu a sua conta do Twitter ser suspensa após um comentário polémico sobre o Ministro da Administração Interna.

- publicidade -

O líder e deputado único do Chega, André Ventura, viu a sua conta do Twitter ser suspensa após um comentário polémico sobre o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Ventura reagiu à suspensão do castigo disciplinar ao agente da PSP, Manuel Morais, escrevendo no Twitter: “Se é assim que vive a III República, eu também acho que Eduardo Cabrita devia ser decapitado!”

Antes disso, o PSP Manuel Morais tinha chamado “aberração” a Ventura e escreveu no Facebook: “Decapitem estes racistas nauseabundos que não merecem a água que bebem”.

Revoltado, André Ventura disse ao Correio da Manhã que é “insultado e ameaçado todos os dias por contas que permanecem ativas ininterruptamente. Escrevo uma frase irónica a propósito de um agente que me queria decapitar e sou suspenso. O Twitter ao serviço da censura”.

O líder do Chega consegue ter acesso ao seu perfil, mas não poderá fazer “tweets”, “retweets”, meter gostos ou seguir outros utilizadores.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui