Parceiros
Atualidade

Venda de anti-depressivos disparou desde 2019

- publicidade -

Os dados avançados à agência Lusa pela Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) apontam para que o consumo de antidepressivos em Portugal tem vindo a aumentar desde 2019.

Só em 2021 venderam-se, em média, mais de 28 mil embalagens por dia, e nos dados referentes apenas aos primeiros nove meses do ano passado mostram que os portugueses compraram mais de 15,7 milhões de embalagens de ansiolíticos, sedativos, hipnóticos e antidepressivos, representando um encargo para o Serviço Nacional de Saúde de 46 milhões de euros.

Comparando a evolução de vendas desde o último ano antes da pandemia (2019), verifica-se que o consumo de antidepressivos esteve sempre a crescer: Em 2019 venderam-se em média 25 mil (25.667) embalagens por dia, em 2020 o valor passou os 26 mil (26.858) e, em 2021, ultrapassou as 28 mil caixas diárias (28.539), segundo contas feitas pela Lusa.

Já no que toca ao consumo de ansiolíticos, sedativos e hipnóticos houve uma diminuição entre 2019 e 2020, mas no ano passado sofreu um ligeiro aumento.

Em média venderam-se quase 28.300 mil embalagens diárias de ansiolíticos, sedativos e hipnóticos em 2019, tendo o consumo descido para 28.036 embalagens no ano seguinte. Já no ano passado, a venda aponta para um valor médio diário de 29.444 embalagens diárias.

Juntando todos os medicamentos, verifica-se um aumento do consumo ao longo dos três últimos anos.

Os dados avançados à agência Lusa são relativos a medicamentos prescritos e comparticipados pelo Serviço Nacional da Saúde, dispensados nas farmácias comunitárias em Portugal continental, e foram recolhidos a partir da informação disponibilizada pelo Centro de Controlo e Monitorização do SNS, estando a mesma sujeita a atualizações.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário