DestaqueDistrito SetúbalSesimbra
Em Destaque

Veja como ficou o armazém de Alfarim após noite de explosões

As imagens mostram o rasto de destruição deixado pelas dezenas de explosões registadas e sentidas pela população de Alfarim e arredores.

- publicidade -

Apesar do susto, os danos foram apenas materiais e não houve vítimas a lamentar.

As autoridades, nomeadamente a Polícia Judiciária, foram chamadas a investigar o que originou o grave incidente.

Tanto os proprietários do armazém, como todos os envolvidos, foram identificados pela GNR. O processo já seguiu para a PJ.

Recorde-se que o alerta foi dado às 23:15 de sexta-feira. As intensas explosões foram ouvidas a quilómetros do local, em Aiana de Cima, tendo provocado o pânico entre a população residente.

Várias corporações de bombeiros foram acionadas para o local, chegando a estar mais de 20 operacionais no terreno, entre bombeiros, GNR e Proteção Civil. Pela uma da manhã, o incêndio foi dado como extinto.

Esta manhã, as autoridades regressaram ao local, onde eram armazenadas centenas de botijas de gás, para realizar perícias e apurar as causas do incêndio.

DR – Bombeiros de Sesimbra
DR – Bombeiros de Sesimbra

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui