Barreiro

Utentes protestaram contra estacionamento pago no Hospital do Barreiro

- publicidade -

Cerca de duas dezenas de pessoas participaram hoje num protesto contra o estacionamento pago para utentes e profissionais de saúde no Hospital do Barreiro, disse à agência Lusa o coordenador da União de Sindicatos de Setúbal (USS).

«Uma simples ida à urgência pode custar seis ou sete euros de estacionamento», disse Luís Leitão, que lamentou o facto de se estar a «cobrar pelo estacionamento num espaço de domínio público e com tarifário muito elevado.

Os utentes pagam 2,60 euros pelo estacionamento nas primeiras duas horas e, a partir daí, mais 40 cêntimos por cada período de 15 minutos.»

De acordo com o coordenador da USS, uma das entidades organizadores do protesto, em conjunto com o Sindicato da Função Pública, Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, Sindicato da Hotelaria do Sul e Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro, os profissionais de saúde daquele hospital «também estão indignados com o estacionamento pago», porque apesar dos profissionais de saúde do Hospital do Barreiro terem algum desconto, através de avenças, «mas contestam a atual situação.

Sabemos que já reuniram mais de 1.000 assinaturas para uma petição que pretendem levar à Assembleia da República.»

De acordo com o coordenador da USS, os protestos contra o estacionamento pago no Hospital do Barreiro começaram em dezembro do ano passado, até agora sem resultados práticos, mas sindicatos e utentes vão continuar a lutar «para que o acesso à saúde não seja pago ao mesmo preço de uma ida ao `shopping´».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui